Contorno Corporal – Mamoplastia Redutora e Mastopexia (Lifting das Mamas)

A mamoplastia redutora (redução mamária) tem a finalidade de reduzir o volume das mamas, removendo o excesso de gordura, o tecido glandular e a pele para atingir uma tamanho de mama proporcional com o seu corpo e aliviar o desconforto associado com seios muito grandes, como dores das costas, no pescoço ou irritação da pele.

A mastopexia (lifting de mamas) traz os mesmos benefícios da mamoplastia redutora, porém sem modificar o volume final da mama. Ela é indicada para mulheres que estão satisfeitas com o tamanho das suas mamas, porem acham suas mamas flácidas ou caídas. O lifting mamário  consiste em uma cirurgia de re-posicionamento do tecido mamário e aréolas através da remoção do excesso de pele , devolvendo assim o caráter jovem das mamas, dando firmeza e contorno adequado.

 

Esta cirurgia deixa cicatrizes?

A cirurgia tenta posicionar a maior parte das cicatrizes escondidas, o que é muito conveniente nos primeiros meses. As cicatrizes passarão por diversas fases até que se atinja a fase final de maturação. As cicatrizes vão se modificando com o decorrer do tempo e cada paciente comporta-se diferentemente do outro em relação à evolução das cicatrizes, podendo em vários casos tornarem-se muito pouco visíveis. O tamanho e a qualidade da cicatriz dependem de diversos fatores dentre os quais características genéticas de cada paciente. Dependendo da técnica empregada, poderemos ter variações quanto a posição das cicatrizes. A técnica mais utilizada deixa uma cicatriz em forma de “T” invertido, na parte inferior da mama. Outras técnicas podem ser utilizadas deixando uma cicatriz ao redor  da aréola, cicatriz vertical ou L.  

 

 A cirurgia pode afetar a amamentação?

Pode ocorrer dificuldade em amamentação após este tipo de cirurgia, dependendo da quantidade de tecido glandular que precisa ser retirado. Quando se tratar de mamas muito grandes, que foram reduzidas acentuadamente, a lactação poderá ficar prejudicada.

O pós-operatório é muito doloroso?

Geralmente não, desde que a paciente obedeça às instruções médicas, principalmente quanto à movimentação dos braços nos oito primeiros dias, e na vigência da dor esta geralmente regride com analgésicos comuns. 

 

Qual é o tempo de recuperação?

O tempo de recuperação é de 10-15 dias, sendo que este período pode variar de pessoa para pessoa. É recomendado o uso de sutiã modelador por 60 a 90 dias.

 

 Em quanto tempo poderei realizar atividades físicas?

Depende do tipo de exercícios e da evolução individual. Em geral caminhadas leves e exercícios para membros inferiores são liberados após 21 dias. Exercícios para tórax e membros superiores em uma média de 45-60 dias.

 

Quais são os riscos desta cirurgia?

Todo ato médico inclui um risco variável e a Cirurgia Plástica, como parte da Medicina, não é exceção. Pode-se minimizar o risco, preparando-se convenientemente cada paciente, mas não eliminá-lo completamente.

As complicações sérias são incomuns, porém podem ocorrer algumas complicações tais como: hematomas, seromas (acúmulo de líquidos), infecção, alteração da sensibilidade das mamas, deiscência de sutura (abertura dos pontos )  e cicatrizes inestéticas (alargadas).