Contorno Facial – Blefaroplastia (Cirurgia das Pálpebras)

A aparência dos olhos é um fator importante nas relações interpessoais. A partir da terceira década de vida, alterações marcantes ocorrem nesta região, podendo levar a uma aparência mais envelhecida e cansada, além da possível interferência na visão. A blefaroplastia é a cirurgia realizada para rejuvenescimento da região das pálpebras.

Conforme você envelhece, a pele ao redor dos olhos torna-se mais flácida e fina, fazendo com que a estrutura óssea subjacente fique mais evidente e com que a gordura contida nas bolsas palpebrais se projete  para fora. A blefaroplastia é o procedimento indicado para corrigir estes sinais, visando corrigir o excesso de pele e gordura e a flacidez muscular do território palpebral. A cirurgia não acarreta nenhum prejuízo na função palpebral, desde que a evolução pós- operatória seja normal Ela  pode ser realizada tanto na pálpebra superior e inferior, sendo um procedimento simples e de rápida recuperação.

 

Existe uma idade ideal para se operar as pálpebras?

A cirurgia pode ser realizada assim que visualizadas as alterações do envelhecimento da região periorbital, em geral após a terceira década de vida.

 

A cirurgia deixa uma cicatriz muito visível? 

A cicatriz é posicionada no sulco palpebral na pálpebra superior e no bordo subciliar na pálpebra inferior. Com o passar do tempo, ela tende a ficar muito fina e praticamente imperceptível com os olhos abertos. Ela pode ser disfarçada com uma maquiagem leve já nos primeiros dias após a cirurgia.

 

Qual é o tempo de recuperação?

O tempo de recuperação é rápido, podendo o paciente retornar as atividades cotidianas geralmente após 5 dias, porém este tempo pode variar de pessoa para pessoa. Deve- se evitar exposição solar por 3 meses. É recomendado o uso de compressas frias nas primeiras 48 horas da cirurgia.

 

O pós – operatório é muito doloroso?

A blefaroplastia não costuma apresentar dor intensa no pós- operatório. Mesmo que ocorra sensibilidade maior ou pequenos surtos de dor, estes poderão ser perfeitamente abolidos com o uso de analgésicos comuns.

 

Quais os riscos desta cirurgia?

Todo ato médico inclui um risco variável e a cirurgia plástica como parte da medicina não é exceção. Se você estiver fisicamente saudável e possuir hábitos de vida saudáveis, bem como obedecer as recomendações médicas durante o período do pós-operatório,  o risco cirúrgico não é diferente das demais cirurgias eletivas.

 

Que tipo de complicações podem ocorrer?

As complicações sérias são incomuns, porém podem ocorrer algumas complicações tais como: hematomas, infecção, deiscência de sutura (abertura de pontos) e má cicatrização (cicatrizes alargadas ou aparentes).