Contorno Corporal – Abdominoplastia

A cirurgia plástica do abdômen, também conhecida como dermolipectomia,consiste na retirada do  excesso de pele e tecido gorduroso no abdômen inferior e correção da flacidez da musculatura abdominal, reduzindo assim significativamente as medidas da cintura.

 

 O que significa MINIABDOMINOPLASTIA?

Em alguns casos selecionados, a abdominoplastia pode ser substituída por uma cirurgia menor, denominada miniabdominoplastia. Esta cirurgia é indicada quando há excesso de pele e gordura somente da região abaixo do umbigo. Embora as duas técnicas sejam relativamente semelhantes em relação aos princípios de tratamento, nesta, as cicatrizes resultantes são menores a devido a remoção mais econômica de tecido. Na miniabdominoplastia a cicatriz resultante final é praticamente do tamanho de uma cicatriz cesariana. Porém esta técnica com cicatriz reduzida só é indicada em casos como o descrito anteriormente. Pacientes que apresentam acúmulos de gordura e pele superiores ao umbigo necessitam realizar a abdominoplastia clássica para melhora do contorno corporal.

 

Quantos quilos eu irei emagrecer com esta cirurgia?

Sendo uma cirurgia que retira determinada quantidade de pele e gordura, evidentemente haverá uma redução no peso corporal, que varia de acordo com o volume do abdômen de cada paciente. 

Não são, entretanto, os “quilos retirados” que definirão o resultado estético, mas sim as proporções que o abdômen apresentará com o restante do tronco e os membros. A maioria das mulheres apresenta certa “flacidez” do abdômen após um ou vários partos, com predominância de pele sobre a quantidade de gordura localizada na região. Estes casos nos permitem melhores resultados. Se o paciente está com o peso acima do normal, o resultado também será compensatório e proporcional ao restante do corpo; no entanto vale a pena lembrar que “excesso de gordura” em outras regiões vizinhas do abdômen ainda existirá, o que nos leva a aconselhar àquelas que assim se apresentem a prosseguir com um tratamento complementar, seja por lipoaspiração ou mesmo clínico/fisioterápico, para equilibrar as diversas partes entre si. 

 

 

A cirurgia deixa uma cicatriz muito visível? 

A cicatriz resultante de uma abdominoplastia localiza-se horizontalmente logo acima da implantação dos pelos pubianos, prolongando-se lateralmente em maior ou menor extensão, dependendo do volume do abdômen a ser corrigido; estendendo-se geralmente de uma crista ilíaca a outra. Esta cicatriz é planejada para ficar disfarçada sob as roupas íntimas e de banho.

 

Qual é o tempo de recuperação?

O tempo de recuperação é de 10 a 15 dias, sendo que pode variar de pessoa para pessoa. É recomendado o uso de cinta modeladora por 60 a 90 dias. A complementação com drenagem linfática é muito importante neste tipo de cirurgia.

 

O pós – operatório é muito doloroso?

As abdominoplastias geralmente não apresentam dor intensa e a sua ocorrência poderá ser controlada por analgésicos comuns.

 

Em quanto tempo poderei retornar às atividades físicas?

Caminhadas e exercícios leves são liberados após 15 dias. Exercícios de maior impacto são permitidos após 30-60 dias e exercícios abdominais em geral após três  meses.

 

Quais os riscos desta cirurgia?

Todo ato médico inclui um risco variável e a cirurgia plástica como parte da medicina não é exceção. Pode-se minimizar o risco preparando-se convenientemente cada paciente, mas não eliminá-lo completamente. O risco cirúrgico não é muito diferente das demais cirurgias plásticas, quando não existem fatores agravantes e na vigência dos cuidados médicos cirúrgicos usuais.  

 

Que tipo de complicações podem  ocorrer?

As complicações sérias são incomuns, porém podem ocorrer algumas complicações tais como: hematomas, seromas (acúmulo de líquidos), infecção, assimetrias, alterações na sensibilidade das áreas operadas, deiscência de sutura (abertura de pontos) e cicatrizes inestéticas (alargadas).